domingo, 30 de outubro de 2011

Literatura infantil - A flor de gelo

Há duas noites eu estava sentindo um cansaço enorme, físico e mental, e para me distrair resolvi reler uns livros da infância; então escolhi este e achei muito gostoso fazer esta releitura, pois a infância me encanta e deixa um cheiro doce no meu universo já tão adulto.
Bom, como me propus a escrever sobre minhas impressões acerca do que leio e vejo, sem pudor lá vão os pensamentos de uma "menina-mulher" de mais de 30 sobre esta literatura para pequeninos...
Título: A flor de gelo
Autora: Maria Teresa Noronha
Editora: Paulinas
Nº de páginas: 56

Coisa mais fofa essa obra. Um livro de contos para crianças que, além da diversão, traz bons conceitos morais como respeito, amizade, consideração, cooperação...
São cinco lindas estorinhas intituladas: "A flor de gelo" (que dá nome ao livro e trata de uma florzinha solitária que um dia percebe a beleza de se abrir para o mundo), "a gravata de nonô" (sobre um elefantinho que ganha de presente uma gravata amarela de bolinhas brancas), "a nuvenzinha preguiçosa" (as aventuras de uma pequena nuvem para fazer as pessoas mais felizes), "Mimo" (sobre um gatinho amarelo à procura de um dono) e "os três gatinhos feios" (onde o menino Renato, de forma surpreendente, arruma dono para três gatinhos que não poderia criar).
Uma delícia de ler e mesmo sendo uma leitura super rápida, há tempo mais do que suficiente para sorrir, se emocionar e curtir essa fofurinha de livro.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Passagem para o amor - Debbie Macomber

Livro: Passagem para o amor (311 Pelican Court - Cedar Cove) - Livro 3
Série: Crônicas de Cedar Cove
Autora: Debbie Macomber
Editora: Harlequin Books
Número de páginas: 348

Nunca havia lido um romance de banca e confesso que tinha muito preconceito, pois não sou muito adepta a romances cheios de sentimentalismo. Escolhi este livro na verdade pela capa. Eu estava fugindo daquelas capas sensuais e não me arrependi. A leitura conseguiu me distrair e me fazer abandonar o preconceito com relação à literatura de banca. Hoje já me pego procurando outros romances para ler, e como este faz parte de uma série, fiquei curiosíssima para ler os outros livros.

A leitura foi muito divertida, especialmente ao final quando ocorrem muitas situações hilárias. O livro relata a história de vida e os problemas familiares de cada personagem de uma forma bem gostosa de ler, e tudo se passa na pacata e encantadora cidade de Cedar Cove, onde parece que o tempo caminha mais lentamente e a solução de todos os problemas está ao alcance de todos em qualquer cantinho mais especial da cidade, seja no aconchegante restaurante "The Lighthouse", na praça ou na enseada apreciando uma linda vista do mar; basta que esteja disposto a não perder a alegria e a confiança na vida.

--> Pontos negativos da leitura:

O típico "final de novela", com direito a todos os clichês.

Com relação à editora, percebi uma constante confusão nos nomes dos personagens em diversas passagens da história, deixando o leitor um pouco perdido durante o desenrolar da trama.

--> Pontos positivos da leitura:

O mistério envolvendo o forasteiro morto, que deixou a obra mais empolgante.

O bom-humor presente na narrativa que nos faz muitas vezes dar boas risadas.

Vale a pena ler!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

São Francisco de Assis

No dia 4 de outubro celebramos São Francisco de Assis, que nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1181 (ou 1182). Filho de um rico comerciante de tecidos, Francisco tirou todos os proveitos de sua condição social vivendo entre os amigos boêmios.
Tentou, como o pai, seguir a carreira de comerciante, mas a tentativa foi em vão.
Sonhou então, com as honras militares. Aos vinte anos alistou-se no exército de Gualtieri de Brienne que combatia pelo papa, mas em Spoleto teve um sonho revelador: Foi convidado a trabalhar para "o Patrão e não para o servo".
Suas revelações não parariam por aí. Em Assis, o santo dedicou-se ao serviço de doentes e pobres. Um dia do outono de 1205, enquanto rezava na igrejinha de São Damião, ouviu a imagem de Cristo lhe dizer: "Francisco, restaura minha casa decadente".
O chamado, ainda pouco claro para São Francisco, foi tomado no sentido literal e o santo vendeu as mercadorias da loja do pai para restaurar a igrejinha. Como resultado, o pai de São Francisco, indignado com o ocorrido, deserdou-o.
Com a renúncia definitiva aos bens materiais paternos, São Francisco deu início à sua vida religiosa, "unindo-se à Irmã Pobreza".
A Ordem dos Frades Menores teve início com a autorização do papa Inocêncio III e Francisco e onze companheiros tornaram-se pregadores itinerantes, levando Cristo ao povo com simplicidade e humildade.
O trabalho foi tão bem realizado que, por toda Itália, os irmãos chamavam o povo à fé e à penitência. A sede da Ordem, localizada na capela de Porciúncula de Santa Maria dos Anjos, próxima a Assis, estava superlotada de candidatos ao sacerdócio. Para suprir a necessidade do espaço, foi aberto outro convento em Bolonha.
Um fato interessante entre os pregadores itinerantes foi que poucos, dentre eles, tomaram as ordens sacras. São Francisco de Assis, por exemplo, nunca foi sacerdote.
Em 1212, São Francisco fundou com sua fiel amiga Santa Clara, a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas. Já em 1217, o movimento franciscano começou a se desenvolver como uma ordem religiosa. E como já havia ocorrido anteriormente, o número de membros era tão grande que foi necessária a criação de províncias que se encaminharam por toda a Itália e para fora dela, chegando inclusive à Inglaterra.
Sua devoção a Deus não se resumiria em sacrifícios, mas também em dores e chagas. Enquanto pregava no Monte Alverne, nos Apeninos, em 1224, apareceram-lhe no corpo as cinco chagas de Cristo, no fenômeno denominado "estigmatização".
Os estigmas não só lhe apareceram no corpo, como foram sua grande fonte de fraqueza física e, dois anos após o fenômeno, São Francisco de Assis foi chamado ao Reino dos Céus.
Autor do Cântico do Irmão Sol, considerado um poeta e amante da natureza, São Francisco foi canonizado dois anos após sua morte.
Em 1939, o papa Pio XII tributou um reconhecimento oficial ao "mais italiano dos santos e mais santo dos italianos", proclamando-o padroeiro da Itália e por seu apreço à natureza é mundialmente conhecido como o santo protetor dos animais e do meio ambiente.

Fonte: http://www.angelfire.com/ar2/jcarthur/sfco.htm

segunda-feira, 21 de março de 2011

CF 2011

Está perfeita a Campanha da Fraternidade deste ano. O planeta está pedindo socorro e precisamos criar consciência disso.


"A vida precisa da vida pra sobreviver!"

quinta-feira, 17 de março de 2011

Misericórdia

Misericórdia
(Dalvimar Gallo)

Pesadelos entram em meu sono.
Desespero cai em minha alma.
Pensamentos maus me trazem o abandono.
E uma enorme escuridão tira a minha calma.
 Deus, quero Te fazer apenas um pedido
Meu viver parece não ter mais nenhum sentido
O meu jeito de ser tem sido muito pobre
Por favor, vem sobre mim
Com  a Tua vida nobre.
Misericórdia, eu Te peço, meu Senhor!

terça-feira, 15 de março de 2011

Culpado ou inocente?

Conta uma antiga lenda que na Idade Média um homem muito religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher.
Na verdade, o autor do crime era pessoa influente do reino e, por isso, desde o primeiro momento se procurou um "bode expiatório" para acobertar o verdadeiro assassino.
O homem foi levado a julgamento, já temendo o resultado: a forca. Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo desta história.
O juiz, que também foi comprado para levar o pobre homem à morte, simulou um julgamento justo, fazendo uma proposta ao acusado para que este provasse sua inocência:
- Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos do Senhor: vou escrever num pedaço de papel a palavra INOCENTE e no outro pedaço a palavra CULPADO. Você sorteará um dos papéis e aquele que sair será o veredicto. O Senhor decidirá seu destino - determinou o juiz.
Sem que o acusado percebesse, o juiz preparou os dois papéis, mas em ambos escreveu CULPADO de maneira que, naquele instante, não existia nenhuma chance de o acusado se livrar da forca. Não havia alternativas pra o pobre homem. O juiz colocou os dois papéis em uma mesa e mandou o acusado escolher um. O homem pensou alguns segundos e, pressentindo a "vibração", aproximou-se confiante da mesa, pegou um dos papéis e rapidamente colocou na boca e engoliu. Os presentes ao julgamento reagiram surpresos e indignados com a atitude do homem.
- Mas o que você fez? E agora? Como vamos saber o seu veredicto?
- É muito fácil. - respondeu o homem - Basta olhar o outro pedaço que sobrou e saberemos que acabei engolindo o contrário. Assim, o homem foi considerado INOCENTE e imediatamente libertado.

ENSINAMENTO: Por mais difícil que seja uma situação, não deixe de acreditar até o último momento. Saiba que, para qualquer problema, há sempre uma saída. Não desista, não entregue os pontos, não se deixe derrotar. Vá em frente apesar de tudo e de todos, creia que pode conseguir. Tenha fé em Deus!

(fonte: www.cantodapaz.com.br)

COMO EU PRECISAVA DISSO! AGORA SÓ PRECISO PÔR EM PRÁTICA QUE É O MAIS DIFÍCIL.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Tempo de reflexão

Hoje, quarta-feira de cinzas, inicia-se o período da quaresma, que para os católicos é um período reservado à renovação espiritual e pessoal, à reflexão, à conversão e à mudança.
Mas o que é a quaresma? Segue abaixo um fragmento de texto retirado do site Canto da Paz.


O QUE QUER DIZER "QUARESMA"?

A palavra Quaresma vem do Latim quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no famoso Domingo de Páscoa. Esta prática data desde o século IV.

Na Quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas e termina na quarta-feira da Semana Santa, os católicos realizam a preparação para a Páscoa. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando o crescimento espiritual. Os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre suas vidas e a mensagem cristã expressa nos Evangelhos. Esta comparação significa um recomeço, um renascimento para as questões espirituais e de crescimento pessoal.

O cristão deve intensificar a prática dos princípios essenciais de sua fé com o objetivo de ser uma pessoa melhor e proporcionar o bem para os demais. Essencialmente, o período é um retiro espiritual voltado à reflexão, onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo Vivo, Ressuscitado no Domingo de Páscoa. Assim, retomando questões espirituais, simbolicamente o cristão está renascendo, como Cristo. Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, eles fazem parte da disciplina religiosa. Cada doutrina religiosa tem seu calendário específico para seguir.

A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa luto e penitência.

O QUE OS CRISTÃOS DEVEM FAZER NO TEMPO DA QUARESMA?


A Igreja católica propõe, por meio do Evangelho proclamado na quarta-feira de cinzas, três grandes linhas de ação: a oração, a penitência e a caridade. Não somente durante a Quaresma, mas em todos os dias de sua vida, o cristão deve buscar o Reino de Deus, ou seja, lutar para que exista justiça, a paz e o amor em toda a humanidade.

PAX ET BONUM

terça-feira, 8 de março de 2011

8 de março é da mulher!

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, está intimamente ligado aos movimentos feministas que buscavam mais dignidade para as mulheres e sociedades mais justas e igualitárias. É a partir da Revolução Industrial, em 1789, que estas reivindicações tomam maior vulto com a exigência de melhores condições de trabalho, acesso à cultura e igualdade entre os sexos. As operárias desta época eram submetidas à um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais.

Dentro deste contexto, 129 tecelãs da fábrica de tecidos Cotton, de Nova Iorque, decidiram paralisar seus trabalhos, reivindicando o direito à jornada de 10 horas. Era 8 de março de 1857, data da primeira greve norte-americana conduzida somente por mulheres. A polícia reprimiu violentamente a manifestação fazendo com que as operárias refugiassem-se dentro da fábrica. Os donos da empresa, junto com os policiais, trancaram-nas no local e atearam fogo, matando carbonizadas todas as tecelãs.

Em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres, realizada na Dinamarca, foi proposto que o dia 8 de março fosse declarado Dia Internacional da Mulher em homenagem às operárias de Nova Iorque. A partir de então esta data começou a ser comemorada no mundo inteiro como homenagem as mulheres.


"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores." (Cora Coralina)

domingo, 6 de março de 2011

Resenha - O Mágico de Oz

Título: O Mágico de Oz
Autor: Lyman Frank Baum
Editora: Ediouro
Nº de Páginas: 128

Sinopse:

Lido por milhões de leitores em todo o mundo, o novo título da coleção Clássicos Adaptados faz parte da rara categoria de livros destinados à imortalidade. Num cenário fabuloso de cores e sonhos, a pequena Dorothy, o espantalho sem cérebro, o leão covarde e o homem de lata vivem incríveis aventuras em busca de seus mais profundos desejos. 

Eu escolhi este livro porque...
"O Mágico de Oz" estava encostado devido ao fato de eu tentar lê-lo por duas vezes, sempre parando incrivelmente na página 28, o que virou motivo de piada entre mim e minha irmã. Resolvi colocá-lo na lista do Desafio Literário para me forçar a passar para a página 29 e seguir adiante.

A leitura foi...
Rápida e divertida, após eu vencer a "síndrome da página 28", pois parei mais uma vez a leitura e qual não foi minha surpresa ao perceber que estava na página... 28!!!
Mas ao continuar a leitura, eu percebi que o livro é meio bobinho sim, embora tenha algumas passagens onde há cabeças decepadas e corpos de monstros dilacerados, o que me chocou bastante por ser um tipo de leitura que atrai tanto ao público infantil.
A trama é boba, porém divertida; e me serviu para confirmar algo que eu já sabia: Oz é um tremendo BOBÃO!
Eu recomendo a leitura, mas se pararem na página 28, façam um esforcinho e leiam até o final. É leitura rápida, fácil e divertida!

Nota: 3 / 5 

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Hora do Planeta 2011

Vamos apoiar esta causa?
Não dói, é fácil, e é econômico!!!
Sábado, 26 de Março, desligue tudo das 20h30 as 21h30. Fique no escuro contra o aquecimento global!
Esta é a 3ª vez que o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta. O evento começou em 2007 em Sydney, e de lá pra cá foi crescendo... crescendo... em 2010 mais de 1 bilhão de pessoas aderiram à causa em várias cidades do mundo.
Vamos fazer a diferença.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Ano novo, esperança de renovação!

Mais um ano passou e como sempre fazemos o balanço dos acontecimentos que ocorreram nos últimos 365 dias. Coisas boas, coisas muito boas e coisas que nos ensinaram novas lições.
Posso destacar entre as coisas boas deste ano começar a participar dos encontros vocacionais com as Franciscanas de Maristella. Conheci ótimas pessoas entre freiras, freis e vocacionadas e tive a oportunidade de conhecer três de suas casas de fraternidade e convivência e o convento da cidade de Limoeiro, o que me deixou pra lá de contente.
O nascimento das duas fofurinhas, Elvis e Eva, filhotes de Clara Rosa e meus netinhos lindos ;-D, foi algo que trouxe muita alegria para a minha vida. Desde maio convivemos com estes raios de luz em casa e eu não paro de babar admirando estas coisinhas fofas e peludas que Deus pôs em nossas vidas.
Infelizmente muitos projetos, aliás a maioria, não foram adiante e eu espero que esta renovação que a mudança de ano sempre traz me ajude a tocar em frente projetos e desejos que meu coração almeja.
Desejo a todos um 2011 cheio de paz, harmonia, felicidade e miadinhos gostosos para dar um tom de alegria à vida.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...